E os nabos racharam!!


Estávamos no início de Março e este (refiro-me ao mês em si) não descobriu nada melhor do que armar-se em Julho ou Agosto e toca a fazer calor a sério.
Pois nós, todos contentes, vai de tirar camisolas e casacos e aproveitar um a um todos os raiozinhos de sol.
Só que os nabos, entre outros legumes da horta, foram apanhados completamente desprevenidos. Nabo que é nabo adora fresquinho e dá-se mesmo muito bem é no Inverno. Sem possibilidade de mudar de roupa, teve que mostrar o seu descontentamento: “Calor assim sem mais nem menos? E esqueceram-se que não aguento escaldões? Pois então vão ver o que um nabo a desidratar de tanto calor é capaz de fazer. Racho já todo aqui e pronto! Assim, para a próxima pode ser que se lembrem de me vir arejar e hidratar”.

E pronto. O nabo rachou. E não foi um nem dois, foram TODOS os nabos da horta.
Claro que o nabo esqueceu-se que, felizmente, os nossos clientes não se preocupam em receber nabo rachado, até porque está delicioso.
Claro que se estes nabos fossem para lojas ou grandes superfícies não iam. Mas não iam porquê? Só porque não estão perfeitos... E seria (e é!!!) absurdo o desperdício.
É por podermos vender nabo rachado super delicioso e não ter que o pôr no lixo que adoramos fazer o que fazemos e estamos gratos aos nossos clientes que entendem e concordam connosco.
Muito obrigada em nome do não desperdício e já agora em nome dos nabos.


5 comentários:

  1. Acabo de comer os nabos rachados. Me aventuro até a dizer que são mais especiais! Muito obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom Vitoria, são realmente mais especiais.

      Eliminar
    2. Que bom Vitoria, são realmente mais especiais.

      Eliminar

© A vida de uma alface
Design:Maira Gall.