'Novo ano' novas zonas de entrega



"Fiz agora a sopa, meu Deus, é bom de mais, questiono, porque Portugal inteiro não tem apenas BIO e apenas consumíamos da nossa terra? Será que não dava para todos?"

Esta frase faz parte de um daqueles e-mails que nos dão ânimo e vontade de fazer cada vez mais e melhor. Que bom que é, assim do nada, receber elogios destes.
E nós não perdemos tempo, aproveitamos todos os incentivos. Se já era nossa intenção dar mais alguns passos para um dia chegar a "Portugal inteiro", a chegada deste e-mail (entre outros) fez-nos tomar a decisão de avançar já. *
Que bom que era se Portugal fosse um país BIO, e claro que daria para todos. Se aos milhares de hectares que estão incultos somarmos as toneladas de produtos que são desperdiçados conseguimos concluir que ser um país BIO é possível.
Aí há 7 anos fui assistir a uma conferência de um senhor chileno que tinha trabalhado no Banco Mundial durante uns largos anos da sua vida e um belo dia resolveu sair, sair do Banco e sair dos EUA onde vivia. Começou à procura do local perfeito para viver, e onde veio parar? A Portugal claro!
Dizia ele que tínhamos o melhor país do mundo, só nos faltava gostar dele. No dia em que percebêssemos isso íamos conseguir juntar ao melhor país do mundo o melhor nível de vida do mundo. Mas este Nível de Vida a que ele se referia não estava directamente relacionado com riqueza monetária. A medida de "melhor nível de vida" segundo ele, será outra num futuro muito breve. E para começar a implementar o "melhor nível de vida" temos que nos focar na Terra, por isso só fazia sentido, num país tão pequeno como o nosso, especializar-mo-nos a fazer o que de melhor pode haver  ou seja produzir em Modo Biológico.
Nunca me esqueci da frase com que concluiu este ponto " Portugal por ser um país pequenino devia aproveitar as especificidades que fazem dele um país único e tornar-se na Mercearia Bio da Europa"

* A partir desta semana vamos ter novas rotas de entrega, mais um passo para que "Portugal inteiro" tenha mais BIO.
À 5ª Feira acrescentamos : Loures(cidade), Infantado, Santo António dos Cavalheiros, Póvoa de Santo Adrião,  Odivelas (concelho), Pontinha, Amadora (Cidade), Reboleira, Alfragide. 
À 6ª Feira vamos pôr o nosso primeiro pé na Margem Sul:  Almada (Cidade), Costa da Caparica, Pragal, Cacilhas, Seixal (Cidade), Amora e Corroios. 


Não tarda vamos ter uma parceira, a Susana a fazer entregas a Norte de Lisboa, da Povoa de Santa Iria até Vila Franca de Xira e ainda Carregado, Alenquer e Arruda dos Vinhos. Se a sua morada de entrega é numa destas localidades esteja atento porque já falta muito pouco :-)


Sem comentários

Enviar um comentário

© A vida de uma alface
Design:Maira Gall.