Natal a chegar e nós a bufar.


Estava ontem a comentar com uma amiga o contente que fiquei por, finalmente, termos conseguido criar uma oferta de Cabazes deNatal.
"- Ninguém imagina o trabalho que nos deu!"
"- Como assim? perguntou ela com uma expressão tipo: "...que exagero!..."
Isto fez-me reforçar a constatação de que há realmente uma enorme discrepância entre o trabalho que dá fazer as coisas de modo artesanal e o que as pessoas vêem quando olham para o resultado.
Continuando no exemplo dos Cabazes.
É preciso começar por dizer que foi tudo feito com a prata da casa, ou usando uma expressão mais up, "in house".
Queríamos que fosse um presente 100‰. (100‰biológico, 100‰nacional, 100‰sazonal, 100‰ útil) mas com 0‰ de desperdício. Foi esta a base para começar a pensar.
Dos ingredientes aos produtos, da embalagem aos pormenores, do gráfico à imagem.
Fizemos listas de produtos, pensámos na embalagem, do fundo à tampa.
Sem plástico, tudo reutilizável.
Era preciso pensar os produtos, cozinhar, transformar, criar stock.
Rotular mil e um frascos.
Era preciso montar os cabazes, criar cenários, tirar fotografias, pensar no catálogo, páginas pares, páginas impares.
Planear a divulgação, enviar emails.
Estou realmente super orgulhosa com o resultado! É que foi realmente MUITO trabalho! e não sabíamos no que ía dar...
com coisas a melhorar? sem dúvida! mas  conseguimos que acontecesse!
Não foi o primeiro ano em que nos lembrámos disto, mas o foi o primeiro em que conseguimos concretizar.
O resultado?
Trabalho a quintuplicar nestes últimos dias, todos esfalfados, todos a dar tudo!
As encomendas não param de chegar, na cozinha não param de fazer toneladas de broas, bolachas, pestos, compotas ..., no armazém andam a mil a montar cabazes de Natal, ao mesmo tempo que não podem descurar os nossos queridos clientes semanais, no escritório há que juntar estas faturas às mil e uma que chegam todos os dias dos cabazes semanais, os meninos das entregas já bufam.
No fundo todos bufamos mas bufamos empenhados, contentes, animados. Que bom que é saber que os nossos Cabazes de Natal são tão desejados.




Sem comentários

Enviar um comentário

© A vida de uma alface
Design:Maira Gall.